Loading...

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

cuide então...


Eu quero alguém para cuidar de mim..
Do que sou,
Do que não sou,
Do que serei
Ao que me entreguei...
Quero alguém que me cubra,
Que descubra também de fato o que sou...
Quero uma canção de amor...
Dos meus "talvez",enfim,..
Que cuide de mim..
Enquanto eu me acho,
Enquanto eu me perco,
Enquanto eu me vejo,
Enquanto eu tento e não vejo..
Assim..
Você


(dedico esse poema a minha eterna amiga Carol,minha parceira de grandess historias de praia,madrugadas e luar,que sempre teve uma boa parte de mim lida e relida e vice e versa..amizade assim perdura a eternidade,te amoo sempre)..

Nenhum comentário:

Postar um comentário